Como fazer salmão curado

Como fazer salmão curado

Ele é um dos peixes mais consumidos mundialmente, se tornou unanimidade e por isso está presente em todos os cantos do mundo, preparado de inúmeras maneiras. O salmão se tornou um verdadeiro fenômeno mundial de consumo, e não faltam receitas feitas com esse peixe de água salgada e carne de cor laranja, por causa de uma substancia chamada “astaxantina” presente nas algas e seres unicelulares que o salmão se alimenta.

Preparar um salmão é fácil e não restam opções. Pelo fato de ser um peixe saboroso (até mesmo pela alta % de gordura) e carne bem macia, come-lo cru é bastante tradicional e se difundiu através da culinária japonesa. Utilizando-se de uma técnica ancestral, é possível preparar um salmão absolutamente delicioso e de uma forma que foge do tradicional.

salmão curado

Sempre falamos muito de “cura” por aqui, e isso se explica pela importância que essa técnica tem no processo produção de vários produtos, como o bacon, o presunto de parma, os queijos e etc. Criada pela necessidade de se conservar os alimentos nos tempos antigos, uma vez que não existiam meios de refrigeração, curar é basicamente secar, e proporciona ao alimento uma textura única e um sabor diferenciado.

Para preparar um salmão curado em casa é preciso apenas tempo, e o resultado final será um peixe totalmente diferente, e pronto para ser usado de varias formas. Ao curar qualquer tipo de alimento, estamos retirando água de sua composição por causa do sal, e esse é um dos motivos pela duração maior do produto, pois um “ambiente” sem água é desfavorável para bactérias e fungos.

Ingredientes para 500g de salmão: 80 gramas de sal –  40g de açúcar refinado – Ervas (opcional)

– Escolha um salmão fresco e de procedência. Retire a sua pele e a parte cinzenta que fica exatamente no seu meio entre as duas bandas.

– Em um recipiente misture o sal com o açúcar, e as ervas caso for usar. Envolva ambos os lados do salmão com a mistura de sal, e leve na geladeira. O tempo de cura é de 24 horas para um pedaço de salmão de 500g, mas caso ele esteja bastante alto, será preciso aumentar o tempo de cura para 36h, ou até que ele fique completamente curado em seu interior.

salmão curado

– Uma das especialidades da culinária escandinava é o salmão gravlax, feito da mesma maneira, mas com o acréscimo de dill, uma erva muito aromática e com sabor marcante.

– Durante o processo de cura, é possível perceber que o salmão desidrata, ou seja, perde água (volume). Uma verdadeira transformação ocorre com o peixe, e por isso o resultado final é um salmão com textura única.

– Após 24 horas, retire o salmão da geladeira, e observe ao redor a quantidade de liquido que o peixe perdeu. Lave bem em água corrente o salmão para que elimine o excesso de sal em sua superfície. Seque bem em um pano bem limpo, e utilize da maneira que desejar.

salmão curado

– A precisão nessa receita é fundamental, uma vez que a adição de sal em excesso pode comprometer o resultado final. Caso o seu pedaço de salmão tenha mais ou menos de 500g, utilize a regra de três para adequar a proporção.

salmão curado

– O salmão curado é ideal para petiscos, saladas, sanduiches, tartines e etc. Fatie finamente, e veja o quão diferenciado ficou a textura e o sabor do salmão após a cura.  Pode-se também defuma-lo após esse processo, e inserir um sabor extra ao produto.

salmão curado


Observações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *