O fantástico ciclo de vida do salmão

O fantástico ciclo de vida do salmão

salmão

Quando se fala de Salmão, a certeza é de que estamos falando de um dos mais famosos e consumidos peixes no mundo. É uma verdadeira unanimidade que ganhou espaço na mesa de todo o mundo rapidamente. Com uma carne saborosa, o salmão possui um ciclo de vida fantástico valorizando ainda mais a natureza. Do outro lado, convive com um verdadeiro absurdo: a sua criação em cativeiro.

Com origem no Atlântico Norte, englobando a Escócia, Dinamarca e Noruega, o salmão nasce em rios e lagos de água doce, e só na maturidade, cerca de 2 a 5 anos, seguem em direção ao mar. Anualmente os salmões retornam para os rios onde nasceram para desovar. Esse “evento” se caracteriza como um dos mais fantásticos da natureza pela tamanha dificuldade e desafios que os peixes enfrentam. Por causa da dificuldade são poucos salmões que consegue retornar aos rios para procriar.

salmão

São mais de 30 mil quilômetros de viagem, nadando com muito esforço contra as correntes para fazer uma simples desova, e dependendo da espécie, morrer em seguida. Após a desova, os salmões do oceano pacifico morrem enquanto os do oceano atlântico conseguem se reproduzir mais de uma vez. Um caso bastante interessante é que após desovar e morrer, os salmões liberam para a natureza nutrientes adquiridos durante toda a sua vida no mar. O fato dos salmões retornarem ao local onde nasceram é tão incrível que os cientistas ainda não descobriram como os peixes se orientam para nadar milhares de quilômetros.

O salmão faz parte do conjunto de “peixes azuis”, e por isso é considerado um peixe “gordo”. Sua cor é branca como da maioria dos peixes, mas o tom rosado característico provém da “astaxantina”, pigmento que está presente nas algas e seres unicelulares, e que quando ingerido pelo salmão é transportado até seus tecidos gordurosos. Essa substancia é mesma responsável pelas cores do tomate, beterraba e cenoura.

salmão curado

O ciclo de vida do salmão é muito interessante, principalmente pelas dificuldades que os peixes encontram. Sua carne é macia, saudável, demanda cocção rápida, e quando comida crua desmancha pela boca. O maior produtor de Salmão no mundo é a Noruega, seguido pelo Chile. Ambos os países possuem aguas geladas, considerado condições ideias para esses peixes. No criatório, são simuladas todas as condições da natureza, inclusive tendo a desova na água doce, e depois transportados para o mar (para engorda).

A criação do Salmão em cativeiro foi fundamental para a sua propagação, pois permitiu o seu consumo durante todo o ano. Por outro lado, hoje o método é cada vez mais questionado, e vem gerando debates polêmicos. Pelo fato do Brasil (na época) ser um país fechado para importações até a década de 80, o salmão só era acessível aos ricos, que traziam do exterior pagando alto preço. Imediatamente a liberação e redução das taxas, o salmão chegou com força e ganhou a mesa do brasileiro.

Referências: Revista Super Interessante 


Comentários

  1. Rita disse:

    Muito bom tratar deste tema. Tem outros problemas: a questão ambiental do cultivo e social. A destruição do ecossistema natural e a pesca dos peixes nativos par dar para os salmões acabam por inviabilizar a vida da comunidade de pescadores. Tema importante de ser discutido e pensado pelos chefs. Temos movimentos internacionais já pensando, como o slow food.

  2. Débora disse:

    E como sabe se ele eh de cativeiro ou nao ???

  3. Thomaz disse:

    Nem sempre estão em embalagens que possamos saber a sua origem. No supermercado Sonda o Salmão é vendido em bandejas de isopor constando peso e data de validade somente. Como saber se são de cativeiro ou não?

  4. Peti disse:

    Tb acho dificil que não haja o uso de substancias quimicas no crescimento acelerado do frango, a que vivemos num mundo capitalista.

  5. Jakeline Vaz disse:

    Estou cada vez me interessando mais por gastronomia justamente por esse tipo de opinião que você espôe em seu site. Alimentar-se não é apenas engolir algo que a gente vai ao supermercado e enfia dentro de casa. Como estudante de Agronomia vejo como é feita a produção de alguns alimentos e como são justificáveis suas preocupações. Parabéns pelo site, cheguei aqui por causa de uma receita de massa fresca e acabei adorando.

  6. Fabiana Romcy disse:

    Bom dia. Estou fazendo gastronomia na Anhembi Morumbi e como projeto inicial temos a missão de estudar, desenvolver um prato, fazer entrevistas por pessoas que conheçam sobre o Salmão.
    Gostaria de saber se podíamos entrevista-lo, por email mesmo se for o caso, para adicionarmos ao nosso trabalho.

    Obrigada por enquanto,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comente com o Facebook

Av. Contorno - n°3979 - Santa Efigênia - BH - MG

(31) 3333-3333

contato@digitalpixel.com.br

Seg á Sex de 09hrs á 18hrs